Diário

Há dias esquisitos e hoje foi um deles. Dormi pessimamente mal, acordei às seis e meia da manhã para estudar aquilo que devia ter estudado no meu quase inútil e deprimente fim de semana, decorei apressadamente alguma matéria avulso até às nove e meia e depois fui assistir a algo que deve ter sido uma aula de Dermatologia no fim da qual respondi a uma pergunta de avaliação que já não sei bem qual era porque copiei integralmente a resposta de umas folhas que jamais tinha lido. De seguida os meus neurónios viáveis esforçaram-se por responder a um teste de escolha múltipla no qual várias das cruzes pretas colocadas por mim devem originar outras tantas cruzes vermelhas colocadas pelo docente. Pelo meio devo ter sofrido dois ou três impactos emocionais graves que certamente resultaram na morte de miócitos cardíacos.
Depois do almoço, presumivelmente na sequência do aporte de nutrientes, a esmagadora maioria das minhas células apercebeu-se, finalmente, que eu estava viva e acordada e que era premente desenvolver actividades proveitosas e direccionadas. Assim, a aula da tarde soou muito melhor.
Depois formularam-se planos para descomprimir jogando Playstation mas, como mais uma frustração faz sempre falta, havia uma Bela Adormecida na mesma divisão que o aparelho. Como alternativa há sempre muita conversa para pôr em dia :)
E pronto, assim se passaram as horas e se atrasaram as fitas de curso que esperavam para ser preenchidas.
Aqui estou agora escrevendo para vocês, cansada mas quase quase contente porque consegui chegar sã ao fim deste dia. Amanhã será melhor!

1 comentário:

thanatos disse...

Estranho parece uma boa descrição do meu dia também! Tirando pronto a parte da playstation e da bela adormecida lol :p